18313239-6683-42AC-BD8E-B98C4DC76ADA

A impressão que o pico da segunda onda da pandemia em Natal, já foi alcançado e vai ficando para trás, é sustentada pelas taxas de ocupação em um grande hospital da rede privada, hoje.

Nas UTIs, é de 80%.

Na Unidade semi-intensiva, 74%.

Diferente do que ocorria há duas semanas, quando por várias ocasiões, os atendimento foram suspensos por excesso de pacientes, o pronto-socorro funciona sem sobrecarga.

Deixe um comentário