capa-do-livro-o-duque-e-eu-de-julia-quinn-que-inspirou-a-primeira-temporada-da-serie-bridgerton-da-netflix-1609359878696_v2_600x800

Não faz nem uma semana “Bridgerton” foi lançada na Netflix e já se tornou a queridinha nas indicações dos maratonistas de série de plantão.

Série de época, romance, trilha sonora contemporânea, cenas tórridas. Tudo que o telespectador estava precisando para esquecer um pouco as novidades do Covid-19.

 A série é baseada em uma coleção de livros que já era bem famosa no mundo todo, “Os Bridgertons”, de Julia Quinn.

De 2000 a 2013, a autora americana lançou nove livros contando a história da família britânica e foi parar 19 vezes na lista dos mais vendidos do New York Times.

A química inegável entre Daphne Bridgerton (Phoebe Dynevor) e Simon Basset (Regé-Jean Page) agrada jovens e sessentões. Sonhar não tem idade..

A boa notícia é que; mesmo sem ter a confirmação de uma segunda temporada a existência de mais 13 livros para inspirar traz esperança.

A saga segue com …  O visconde que me amava (2000) Um perfeito cavalheiro (2001) Os segredos de Colin Bridgerton (2002) Para sir Phillip, com amor (2003) O conde enfeitiçado (2004) Um beijo inesquecível (2005) A caminho do altar (2006) E viveram felizes para sempre (2013).

Estes já disponíveis no Brasil no Brasil pela editora Arqueiro e custam, em média, R$ 29,90 .

 

Deixe um comentário