Filme brasileiro que estreou nesse último final de semana, que começa devagar, mas que engata depois de uns 20 minutos de exibição.

A história, que é um drama pessoal, é contada pelo viés da comédia, e, no final das contas, fica muito legal, que leva o filme pra uma análise da realidade atual quando o assunto é sexualidade e preconceitos, inclusive dentro das próprias famílias.

Mário é um jovem que foi para o RJ estudar Administração e fazer MBA de Negócios para comandar o futuro da cervejaria do pai. Mas, tudo isso era uma projeção do próprio pai, e Mário acabou se tornando um escritor e diretor de teatro, e sua última peça era um conto gay.

Contudo, Mário já com relacionamento duradouro, resolve ir contar ao pai, em Nova Petrópolis/RS, que é gay e que não vai assumir os negócios da família. Entretanto, é a partir daí que toda história decola e tudo começa a acontecer, dentre várias surpresas.

Um filme que acaba muito bem e merece demais uma sessão de cinema com pipoca.

Siim, um dos destaques leves e cômicos que faz parte do elenco é Nany People.

Sinopse a seguir…

Quando Mário (Daniel Rocha), um jovem de 30 anos que trabalha com teatro, viaja para sua terra natal para visitar a família, ele decide se assumir para o pai conservador e contar que mora com o namorado, Fernando (Felipe Abib). Porém seu irmão mais velho, Vicente (Rômulo Arantes Neto), acaba estragando seus planos trazendo outras novidades para a família. Para piorar a situação, o pai de Mário quer que ele assuma a liderança da cervejaria da família, e ele acaba se envolvendo com Ana (Letícia Lima), a coach que seu irmão contratou para modernizar a empresa.

Opinião do Filme: 4 estrelas, muito bom!

review-deu-click-rick-nobrega-quem-vai-ficar-mario-poster-oficial 439c364a-5d6e-404e-8f51-e248465fcb42

Deixe um comentário