A Governadora Fátima Bezerra começou a quinta-feira cedo no Quartel da Polícia Militar, onde também concedeu longa entrevista ao Bom Dia RN.

Pauta positiva ao anunciar o início da vacinação dos agentes da segurança pública que atuam  contra o coronavírus. Serão aplicadas  1.040 doses nessa primeira etapa.

Assim como a compra da vacina russa Sputnik pelos estados do Consórcio Nordeste. Uma compra que será feita pelos Governos estaduais, mas que deverá ser ressarcida pelo Governo Federal.

Como assim? Uma fórmula anunciada pelo próprio Consórcio sem combinar com os russos do Palácio do Planalto, que por sua vez, já sinalizaram que também querem beber na mesma fonte.

A governadora só perde o semblante de paz quando é abordada pela compra dos respiradores – não entreguem em julho de 2020. O investimento de mais de R$ 5 milhões ainda não ressarcidos.

Ao jornalista Kleber Teixeira replicou:

Ali era um momento de extrema emergência, ou não era? 

Era.

Mas Teixeira tinha que perguntar o que o povo quer saber.

Ou não tinha? 

Comentários do Site

  1. observanatal
    Responder

    O fato de ser de extrema urgência não dá o direito de desperdiçar, já que a urgência continuou e os respiradores não chegaram.

    Fátima é isso, uma simpatia fake, uma popularidade fake para ganhar identificação com quem é pobre, como uma dia ela foi. Não é rica, mas a pobreza ficou pra trás desde que ganhou destaque no sindicato.

Deixe um comentário