O Rio Grande do Norte fecha a semana, que começou dramática,  com a mesma apreensão de quem não tem leitos suficientes em hospital para toda demanda.

Isso ocorre na rede particular e púbica. Para quem tem plano de saúde e não tem. A fila é para todos.

Neste momento, são 72 pacientes esperando uma vaga em leito crítico na região metropolitana de Natal ,  que  continua sendo a mais preocupante. O Seridó vem em seguida com 100% de ocupação e região  oeste com quase 98%.

Deixe um comentário