11 de junho de 2024
LuxoModaOpinião

Um vestido de baile made-in-Brasil, by Patrícia Bonaldi, brilha na Toscana

Essa semana, todos os holofotes do alto mundo paulistano e brasileiro foram para as megas festas do casamento de Lala Rudge e Bruno Kouri, em Florença, na Itália.

Sem delongas e resumindo, uma coisa é certa: o glamour social não morreu, só se adaptou… e sempre resistirá.

Lalá, mesmo jovem, promoveu duas festa de gala, raras nos dias de hoje, ambas black-tie, uma de summer e outra de smoking, onde as mulheres tiveram a oportunidade de usar vestidos de baile, alguns, alta-costura.

A noiva, usou dois modelos de grandes maisons europeias, desenhados exclusivamente pensando nela e nas ocasiões. Ou seja, dois legítimos haute couture, um Valentino e o outro Dolce Gabbana.

No meio de tanta chiqueria, um vestido me chamou a atenção, e o melhor, feito por uma brasileira, Patrícia Bonaldi. Ele foi usado por Thássia Naves no Bal Masqué pós-casamento.

Um exemplo que a moda brasileira tem fôlego, tem categoria, merece destaque e tem grandes talentos.

Um vestido atual, slim-chic, moderno e com o glamour na medida certa.

Vestido de Patrícia Bonaldi usado por Thássia Naves, em Firenze, Itália

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *