images 

Uma das cidades que mais atrai holofotes e teses políticas em relação à disputa municipal de 2020 é a capital pernambucana.

Pelo peso que tem para o PT de Lula, pela força do PSB de Arraes e pelo eco que  produz em todo Nordeste, reduto ainda fora do voo bolsonarista.

Hoje, a maioria do PT do Recife defende apoiar o deputado João Campos (PSB) para a prefeitura da capital no lugar de lançar a prima dele, Marília Arraes (PT).

A decisão sobre uma aliança ou não entre o PT e o PSB são tratadas com cautela por líderes petistas.

Trazendo o exemplo para Natal, a aliança poderia render a “novidade” esperada para o pleito de 2020.

Por mais que a aliança já exista desde as eleições de 2018 – com o deputado Rafael Motta – o palanque dividido numa chapa oficial é novidade,  desde que a grande liderança do partido dos Arraes era a (saudosa) guerreira Wilma de Faria.

 

 

Comentários do Site

  1. observanatal
    Responder

    PSB e PT unidinhos para trazer alguma novidade para a capital? Duvido. Duvido que tragam novidade, uma real novidade. Até o Novo vai apresentar candidato mais forte que o PSB e o PT.

Deixe um comentário