O ministro das Comunicações, Fábio Faria, participa do programa Voz do Brasil.

Nove deputados do PSol protocolaram  pedido para que a PGR abra apuração contra o Ministério das Comunicações e contra Fábio Faria para investigar o programa de wi-fi lançado pelo governo que exibe vídeos enaltecendo ações da gestão de Jair Bolsonaro.

O líder da oposição, Alessandro Molon, também apresentou pedido semelhante ao Ministério Público.

O programa Wi-fi Brasil tem o objetivo de levar internet para lugares com pouco acesso à rede. No entanto, usuários só conseguem ter o acesso liberado após assistirem a um vídeo institucional sobre feitos do governo Bolsonaro.

Na representação, os parlamentares afirmam que o programa configura desvio de finalidade e propaganda com “clara finalidade eleitoral”.

Ontem à noite, o senador Randolfe Rodrigues (Rede) também pediu ao TCU investigação ara  apurar a existência de gastos ilegais e inconstitucionais no âmbito do Programa Wi-fi Brasil.

Que seja declarada a incompatibilidade da exibição de propagandas, institucionais ou pessoais, como espécie de “requisito” – mesmo que velado – de acesso à Wi-Fi pública disponibilizada no âmbito do Programa Conecta Brasil.

 

Deixe um comentário