B8D2FD49-7BAE-4A17-8554-F5CCE42C43FB

Saudade (1899) – Almeida Júnior – Pinacoteca do Estado de São Paulo

Silenciosa e solitária, a caminhada não é mais a mesma de antes dos dias de medo e incertezas.

O longo período do parque  fechado,  mudou hábitos.

O novo horário de abertura dos portões acostumou o encontro dos amigos do lado de fora, na estreita faixa reservada e respeitada pelos poucos automóveis que passam em baixa velocidade.

O reencontro com as pistas quase vazias trouxe lembranças de quem há muito não se tinha notícias.

Muito antes da pandemia, o distanciamento mais rígido, para sempre,  já havia acontecido

São muitos os que deixaram o convívio, mesmo que pequeno, em movimento, rápido, de poucas palavras, perguntas e respostas automáticas,  nos cumprimentos formais e obrigatórios.

Logo na entrada, nas barras para o aquecimento, o exemplo da boa forma física do comerciante de sortida bodega, atribuída à alimentação regrada.

Medida em anos sem consumo de carnes, leite e tudo o mais fiscalizado pelo instituto do açúcar e do álcool.

Generoso em receitas para quem quiser seguir dieta alternativa, desde que goste de tofu e o que possa ser feito à base de soja.

Se a conversa se estender por mais alguns passos, o orgulho com os estudos e as carreiras dos filhos, aparecerá sem disfarces.

Notícias dos lugares distantes onde estiveram ou ainda vão buscar mais ciência e conhecimento. E as estórias de pescador em Caiçara do Norte.

O gramado sem a aguação que completava o trabalho do orvalho, é o lugar de se deparar com a protetora dos gatos de rua e dona de todos eles. Hora para contar-lhe que na sua ausência, a alimentação dos bichanos foi assumida por outras almas caridosas e que seus filhos  estão bonitos como costumava elogiá-los, chamando cada um pelo nome carinhoso que dera de batismo.

Mais à frente o dublê de corretor de imóveis e vocacionado para político de interior. Previsões otimistas da retomada dos negócios e o valor exato da última transação do último terreno vendido para um grande investidor de fora.

Que bom ouvir de novo as estratégias do grupo que apoia para ganhar a prefeitura de Barcelona e os motivos de não ter aceito compor a chapa como vice do favorito.

A pulha chega antes  do dom-dia, com o duplo sentido facilmente decifrado.  Sem resposta, sem saída honrosa. Xeque mate.

A mesma alegria de uma vitória do time que sabia escalar melhor que o treineiro.

Abecista que era, por nunca ter torcido pelo ABCD.

O bosque sente a falta de cada um dos amigos que não mais aparecem por lá.

Que todos estejam em outro bom lugar.

E tenham encontrado a mesma  paz.

E amizades que a mais ingrata distância não consegue acabar.

(Nas lembranças de Luiz, Suzete, Jatécio e Vivi, a saudade renovada dos que partiram antes de 12/10/20, quando foi publicado o texto)

C2EB23C8-8987-4839-8656-837C984946D6

Recado Difícil (1895) – Almeida Júnior – Museu Nacional de Belas Artes, Rio de Janeiro

Deixe um comentário