images

Não basta permitir a venda, produzir faz a diferença.

Da Folha de SP

Os fabricantes de remédio de Cannabis comemoraram a liberação do registro pela Anvisa na terça (3), mas as farmácias ainda não sabem quando começarão a vender.

“É tudo novo. Com a dependência da importação, vai ser um aprendizado para o setor”, afirma Sérgio Barreto, presidente da Abrafarma (associação de redes farmacêuticas).

Para o representante do varejo farmacêutico, se fosse permitido plantar a erva no Brasil, o produto chegaria mais barato às farmácias, elevando as vendas.

Comentários do Facebook

Comentários do Site

  1. observanatal
    Responder

    No Brasil já tem quem produza, e muito, mas é para uso recreativo. Não se pode conquistar o mercado da ilegalidade para a legalidade?

Deixe um comentário