Secretario-de-saude-realiza-palestra-de-abertura

Da Folha 

Quatorze secretários estaduais de Saúde (ou outros representantes dos estados, como governadores) disseram aprovar a efetivação de Eduardo Pazuello (Saúde) como ministro.

O general deixou de ser interino para se tornar titular da pasta na quarta (16).

AP, PE, DF, MA, PB, PA, MS, MG, RS, GO, ES, SP, RN e BA ratificaram a escolha de Pazuello.

Os secretários dizem que a estabilidade ajuda o SUS e que Pazuello tem sido solícito e organizado no combate à pandemia.

 Para eles, os principais desafios do ministro serão a manutenção do legado pós-Covid-19 e o apoio na resolução das filas de procedimentos represados em 2020, como as cirurgias eletivas.

O número de leitos de UTI mais que dobrou em diversos estados ao longo da pandemia.

DO TL

Apesar das críticas por não ser médico e ter sido indicado na maior crise do Coronavirus no Brasil, o ministro Pazuello atendeu bem as demandas e, agora, segue sendo de fundamental importância ao pleito dos Estados que pretendem manter parceria com o Governo Federal para manter leitos abertos durante a pandemia.

Comentários do Site

Deixe um comentário