UM DIA PARA FALAR (DE NOVO) EM FLORES

587AECD4-63CE-4B00-AEB1-E14B9C3D783D
Retrato de Margarita (1971) – Lourdinha Meirelles Motta

Nem tudo são flores, mas elas estão sempre presentes em todos os momentos da vida.

Cada uma, com sua beleza e perfume.

Hoje é o dia especial, de uma flor especial.

Viva a margarida!

Pra não dizer que não falei dela.

O calendário já anunciava sua chegada. Há um mês.

Nestas terras semi-áridas, de poucas chuvas e muito sol, a brisa vai aos poucos virando vento forte e então, por toda parte, sua presença.

Quando os dias vão ficando mais longos que as noites, mais claros e vívidos, cada um mais radiante que o outro.

É primavera.

E anúncio que  um verão, em breve vai chegar.

É tempo de todas as flores.

Das azaleias, camélias, dálias, magnólias, déboras, rosas, gardênias, verônicas, petúnias, violetas.

Das que sempre estiveram por aqui, e das que de longe chegaram.

É tempo das hortênsias.

Nas matas, nos ipês, nos jacarandás, nos angicos, nas rainhas craibeiras.

Por todos os lados; em todo lugar.

Das que parecem mais frágeis, mostrando força ao brotar, rompendo frestas, entre rochas.

No pequeno jardim, a leveza das orquídeas e a resistência das flores do deserto.

Cada uma, para poucos, mostra sua beleza.

Na simplicidade das que se multiplicam, e como símbolo da sensibilidade, juntadas uma à outra, são transformadas em jóias no colo das mulheres

Nos versos de Drummond, ‘enfeite para a ternura escovar a alma com leves fricções de esperança.

Hoje o dia é dela.

Bem-me-quer.

___________________________________

(Texto publicado pela primeira vez em 22/10/2019)

66400291-7AF4-419D-96C6-C75DB13082D2
Margaridas (1894) William-Adolphe Bouguereau – Coleção particular
DDAC01B7-5E00-4E9B-B8B3-BE6BF7F180F6
A Pequena Tecelã (1882) William-Adolphe Bouguereau – Museu de Arte Appleton, Wisconsin.

Domicio Arruda

Aprendiz de Cronista

One thought on “UM DIA PARA FALAR (DE NOVO) EM FLORES

  • 22 de outubro de 2021 em 06:18
    Permalink

    Não sabia que Edgar Smith havia falecido. Minha geração está chegando ao fim.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.