25 de abril de 2024
Política

Ministro Ricardo Lewandowski viaja a Mossoró para acompanhar investigações sobre fuga de penitenciária federal

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski, viaja a Mossoró, no Rio Grande do Norte, na manhã deste domingo (18), para acompanhar as investigações sobre a fuga dos dois detentos da penitenciária federal de segurança máxima, localizada no município potiguar. O ministro sairá de Brasília às 7h, ao lado do diretor-geral em exercício da Polícia Federal, Gustavo Souza.

Lewandowski pretende se reunir com os chefes das equipes que estão à frente das buscas dos dois fugitivos. As agendas serão acompanhadas pelo titular da Secretaria Nacional de Políticas Penais (Senappen), André Garcia, que está na cidade desde quarta-feira (14), data da fuga.

Em entrevista na quinta-feira (15), o ministro afirmou que a prioridade, neste momento, a recaptura dos dois fugitivos. Há cerca de 300 agentes mobilizados nesta ação – da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e forças estaduais –, além do alerta vermelho da Interpol. Também há três helicópteros e drones atuando na busca.

Inquérito

Ao mesmo tempo, há duas investigações em curso. Uma delas, de caráter administrativo, para apurar as responsabilidades da fuga e que podem levar a um processo administrativo. Ela está sob a liderança do titular da Senappen, André Garcia. Também há um inquérito no âmbito da Polícia Federal para apurar eventuais responsabilidades de natureza criminal das pessoas que, eventualmente, facilitaram a fuga dos dois detentos da penitenciária.