18FFE214-010D-4BBD-8FFB-911B610D7E94
Com  110 funcionários, o Hospital Gastroprocto, cumprindo determinações da Agência Nacional de Saúde, Seguradoras e Planos de Saúde, teve suas atividades praticamente paralisadas.

Depois de um período de quarentena e de ter adotado medidas de prevenção da infecção pelo Coronavírus, o hospital-dia resiste.

Atendendo aos casos de urgência, com apenas 14 colaboradores. Todos os outros entraram em férias coletivas ou licenças remuneraras.

O titular do hospital, o cirurgião Gutembergh Nóbrega gravou vídeo defendendo a volta ao trabalho e agora quer que o mesmo chegue ao Presidente Jair Bolsonaro.

Comentários do Site

  1. Rogerio Lacerda
    Responder

    A fala do Dr Gutembergh está alinhada com
    Os anseios da população em não termos as atividades essenciais paradas !!
    De outra forma , o número de desempregados crescerá de forma assustadora , talvez a maior nos últimos 30 anos !!

Deixe um comentário