30 de maio de 2024
Sem categoria

Mulher será indenizada por quebrar punho ao cair da maca em ambulância

https__img.migalhas.com.br__SL__gf_base__SL__empresas__SL__MIGA__SL__imagens__SL__2021__SL__12__SL__02__SL__4fce0ced-fdad-4aec-a24a-479d95014723.jpg._PROC_CP65

Paciente que caiu de maca e fraturou o punho durante condução ao hospital por ambulância será indenizada em R$ 5 mil por danos morais. A decisão é da 1ª câmara de Direito Público do TJ/SC ao confirmar sentença prolatada pelo juiz substituto Luiz Octávio David Cavalli, da 2ª vara Cível de Camboriú/SC.

A mulher sofre de problemas cardíacos, razão pela qual estava sendo conduzida por uma ambulância até laboratório médico para realização de exames rotineiros. Ainda, disse que estava deitada sobre a maca instalada na parte traseira do veículo, quando, abruptamente, o automóvel “balançou violentamente”, fazendo-a cair da cama improvisada. Em razão disso, afirmou que sofreu uma lesão em seu punho esquerdo, fato que, além de causar dor física, reduziu sua capacidade de movimento e impôs a utilização de gesso, por três meses. Nestes termos, pugnou pela condenação do município de Camboriú/SC ao pagamento de indenização por danos materiais e morais.

O órgão público foi condenado em 1º grau a pagar indenização de R$ 5 mil. No entanto, contestou, em apelação, o valor arbitrado e a incidência dos juros moratórios a partir do evento danoso. Assim, pediu a redução do montante para R$ 2 mil, com juros somente a partir da confirmação da sentença.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *